ARES THE BEAST
SEBASTIAN WOLFGANG W.

Livro I

Se eu não fosse tão pequeno, saberia que os gritos eram meus.

...Não foi uma queda grande. Na verdade... não contava nem um metro... mas o que certamente me magoaria na época seria saber que caí por um motivo estúpido.

...Ela adormeceu.

Me amamentava, não tinha mais que poucas semanas de vida. E ela estava sentada no meio da noite comigo no colo. Me alimentando.

Mãe dedicada. Amorosa.

Ela adormeceu e me deixou cair.

...É, ela é a melhor mãe do mundo.


Livro II

Eu gostava dele. É sério.

Gostava como se pode gostar de alguém que coloca comida na mesa, que te dá presentes de natal ao mesmo tempo em que conta com prazer a um garotinho de dois anos que papai Noel não existe. Que devo cuidar muito bem do que estou recebendo porque aquilo saiu de seu bolso.

Grande coisa. Ele nunca precisou trabalhar para conseguir o que tinha... herdara tudo de nossos antepassados mortos.

Não me desejava bom dia quando saia para trabalhar... digamos, que saia somente para verificar se os negócios da família, gerenciados por segundo e terceiros, iam bem.

Passava a maior parte do tempo com amantes que mamãe muitas vezes recebia em casa como amigas.

Sorrisos falsos, hipócritas e frios.

Ele não me dava um beijo de boa noite quando chegava de suas farras, com a camisa cheirando a perfume de mulher, manchadas de batons de cores berrantes até mesmo para um cego... Mamãe também sentia, via.

...Mas nunca falava.

Ela era uma esposa exemplar.

Ele era um marido excelente.

...Um pai perfeitamente ausente.



Livro III

Como podem ver, não havia o que não me fosse possível.

Eu tinha tudo o que uma criança de minha idade poderia desejar.

...E isso me era suficiente.

Meu, para mim e por mim.




* * *

'I am the son
And the heir
Of a shyness that is criminally vulgar
I am the son and heir
Of nothing in particular

You shut your mouth
How can you say
I go about things the wrong way ?
I am human and i need to be loved
Just like everybody else does

I am the son
And the heir
Of a shyness that is criminally vulgar
I am the son and heir
Oh, of nothing in particular

You shut your mouth
How can you say
I go about things the wrong way ?
I am human and i need to be loved
Just like everybody else does

There's a club, if you'd like to go
You could meet somebody who really loves you
So you go, and you stand on your own
And you leave on your own
And you go home, and you cry
And you want to die

When you say it's gonna happen "now"
Well, when exactly do you mean ?
See, i've already waited too long
And all my hope is gone

You shut your mouth
How can you say
I go about things the wrong way ?
I am human and i need to be loved
Just like everybody else does…'

*(How Soon Is Now – The Smiths)


* * *

CARACTERÍSTICAS

Modelo: SDGou Isami Kondo
Loja: Volks


Nome: Sebastian W. Wolff
Apelido: Wolf
Idade: 31 anos
Altura: 1,80 cm
Data de Nasc: 17/04
Olhos: Azuis esverdeados
Cabelos: Pretos
Tatuagens (presentes ou futuras): Uma de lobo no peito esquerdo e outra no braço esquerdo (o kanji da Força)

Uma pessoa: Mais vale o conjunto que a unidade.
Um sonho: Viver para sempre.
Um desejo: Ter ela novamente só pra mim

Um sentimento: Apego
Uma frase: ‘Perversidade é um mito inventado por gente boa para explicar o que os outros têm de curiosamente atrativo.’ (Oscar Wilde)




***





About Me Links HQs Photostories Gallery Main